31/12/2010

Hoje faz 7 anos que perdi a minha avó materna, na verdade a única que tive. Por um tempo essa data era sinônimo de tristeza, mas com o tempo, o santo tempo, passamos a superar as coisas tristes e a lembrança da pessoa feliz e animada que era vovó nos fez encher o peito de felicidade e, nos dias 31/12 escutamos as músicas preferidas dela, inclusive para essa data: um bom frevo pernambucano!
Vó, onde quer que a senhora esteja: Felicidades e Muito Amor "nosso"!!!

Feliz Ano Novo, mais uma vez, meu povo!

30/12/2010

ROBERTA

Origem: LATIM

Significado: SÁBIA

Analise da Primeira Letra do Nome: R

Para resolver os problemas dos outros age com muita sabedoria, já quando o problema é seu tende a sentir-se desnorteado. Isso acontece porque sente-se mais confortavel em decidir as coisas sempre com a cabeça fria. Mas seu coração sempre se intromete no meio das dúvidas, e fica difícil mesmo decidir. Um bom conselho seria controlar a ansiedade nestas horas e não ter medo errar. Eis uma boa maneira de aprender.

Significado do nome Roberta - Sua marca no mundo!

GENEROSIDADE,CORTESIA,INFLUÊNCIA,CARIDADE,COMPANHEIRISMO

Sua generosidade já é percebida na infância, desde muito cedo já sabe dividir, entende a necessidade dos outros e sente-se bem ajudando como pode. Liga-se a profissões onde possa exercer este seu lado. Sempre pensando num mundo melhor, não poupa energia ao participar de atividades de cunho social. Busca atividades rentáveis também, mas não sem um propósito de ajudar o maior número de pessoas possivel. Sempre à vontade em todos os ambientes, não carrega em si preconceito de qualquer origem. Muito hospitaleira, raramente se fecha no seu mundinho, por isso está sempre disposta a lutar por seus ideais e de seus amigos também. Como são muito levadas pela emoção, as vezes parecem pouco confiaveis em tomar decisões, pois não conseguem julgar com uso da razão. Manter os pés no chão e mais determinação faz com que as pessoas não vejam seus objetivos como utópicos.


É... fiquei realmente impressionada! Sou eu mesma!!!

Para quem acredita e/ou tem curiosidade: http://www.significado.origem.nom.br/nomes/

29/12/2010

Preferida!!!

Manga, Graviola, Hortelã
(Lula Queiroga - Tem Juízo mas não usa)

O sol bate na telha
Reflete na fruta
E a moça ginga para o céu
Terral
Pode gritar que ela não escuta

Fone de ouvido
Bolsa laranja
Desce a rua principal
E o som
Aumenta o volume do sorriso dela

Pinga! Pinga!
Pinga colírio no olho da favela
Pinga! Pinga!

Escolhe manga
Sacode o cabelo
Seu desfile matinal
Ao sol
Bomba explode ela não vai ouvir

Vai colorida
Abduzida
Pelo fio do walkman
Manhã
Cheira a graviola respira hortelã

Colírio no olho da favela
Pinga!

Enquanto o sangue escorre pela televisão
No ouvido dela toca a mesma canção

Pinga colírio no olho da favela


"Mulher AMARela não paga e se quiser leva muitas laranjas Louis Vuitton"

Essa foi feita pra mim!!!


27/12/2010

Mudanças...

Pela primeira vez, depois de muito tempo, estou começando a querer outras coisas e pessoas pra minha vida. A única coisa ruim é que quem eu mais quero não sei nem onde começar a procurar... Mas o universo está do meu lado porque me dou melhor em anos ímpares e 2011 vai ser mais que 10, vai ser 11.


Feliz Natal atrasado a todos e, caso eu não apareça mais aqui esse ano, um Feliz Ano Ímpar Novo!!!


"Caminahndo contra o vento sem lenço e sem documento, só colhendo as rosas e as rimas...!"

23/12/2010

Sálvia Divinorum

Estava eu ontem agarrada com a máquina de costura e ouvindo a televisão da sala, que estava ligada na Rede Record, quando começou uma matéria sobre a cantora e atriz americana Miley Cyrus (a Hanna Montana). Era, na verdade, um vídeo da festa de aniversário de 18 anos da menina onde aparecia a mesma fumando algo e logo em seguida ficando muito "chapada". Todos pensavam que era maconha, até que a atriz desmentiu e disse que era sálvia. Isso mesmo! Sálvia!
Eu fiquei chocada porque não imaginava que isso se fumava. Não é a sálvia que a gente usa em receitas e em chás não, mas outra espécie:  a sálvia divinorum, ou Sally D, cultivada no México e que, se fumada, provoca uma sensação alucinógena igual ao do LSD. Já considerada droga, ela é a mais nova vibe dos jovens americanos e ainda não sabem se causa ou não dependência, mas em alguns estados americanos a erva já está sendo proibida.
Durante a matéria, eu só ficava imaginando: quem foi a bendita ou maldita (sei lá) criatura que atinou de fumar sálvia? Como é que essas pessoas chegam a isso? Eles ficam deitados no sofá de casa e pensando: o que vamos fumar hoje? Coentro? Orégano? Acelga? Sálvia? Minha nossa! É, realmente, muita chapação, viu?!
Só espero que ela demore a chegar ao Brasil porque aqui já tem consumo de drogas demais, né?!

17/12/2010

Bilhete para Papai Noel

Querido Papai Noel,

Não serei aqui uma moça romântica que sempre pede o príncipe encantado, o grande amor de sua vida, um casamento dos sonhos e blá, blá, blá... Não quero nada de amor! Isso dá muito trabalho e não terei tempo para essas coisas em 2011. Portanto, Noelzinho, quero pedir, para mim, algumas coisas clichês, tipo saúde, dinheiro, paz e outras específicas, como passar no Mestrado de Literatura, trabalhar muito e ser muito bem recompensada, além, claro, de muito sexo, o que é de suma importância na vida de uma mulher solteira que está prestes a fazer 26 anos, né?
Para minha família, amigos, colegas e adjacências, quero pedir muita paz, saúde, amor, dinheiro e realizações, ou seja, puro clichê!!!

Também gostaria de mais e mais Chico Buarque na minha vida!!!

Em 2011, continuarei a cultivar mais rosas e muito mais rimas...!

12/12/2010

Pena Filho


Ontem fui à exposição sobre Carlos Pena Filho no Instituto Cultural Santander e só posso dizer uma coisa: perfeita! A reprodução do Bar Savoy logo na entrada, o áudio do próprio Carlos recitando suas poesias, a versão linda que Júnio Barreto fez pro poema "A mesma rosa amarela", numa parede repleta das mesmas, a gravação do repórter Esso anunciando a morte do poeta bem do lado de uma parede cheia de recortes de jornais da época e do trecho da carta que Jorge Amado fez quando soube da tragédia. A carta é tão linda e triste que chorei ao ler. Além do tão famoso Azul de Pena Filho.

E isso é só um pouquinho da maravilha que ficou essa exposição. Quem puder não deixe de ir não, porque é uma excelente maneira de se aprender sobre esse poeta, recifense, maravilhoso que passou, e ainda passa, tanto tempo esquecido.

A entrada é gratuíta e o Instituto fica ali no Recife Antigo bem em frente ao Marco Zero.
"São trinta copos de chope,
São trinta homens sentados,
Terzentos desejos presos,
Três mil sonhos frustrados..."
(Chope-Carlos Pena Filho)

10/12/2010

Essa moça...


Essa moça tá diferente
Já não me conhece mais
Está pra lá de pra frente
Está me passando pra trás
Essa moça tá decidida
A se supermodernizar
Ela só samba escondida
Que é pra ninguém reparar
Eu cultivo rosas e rimas
Achando que é muito bom
Ela me olha de cima
E vai desinventar o som...


(Essa moça tá diferente - C.B)

Lily Braun



Como num romance
O homem dos meus sonhos
Me apareceu num dancing
Era mais um
Só que num relance
Os seus olhos me chuparam
Feito um zoom

Ele me comia
Com aqueles olhos
De comer fotografia
Eu disse cheese
E de close em close
Fui perdendo a pose
Até sorrir, feliz

E voltou
Me ofereceu um drink
Me chamou de anjo azul
Minha visão
Foi desde então ficando flou

Como num cinema
Me mandava às vezes
Uma rosa e um poema
Foco de luz
Eu, feito uma gema,
Me desmilinguindo toda
Ao som do blues

Abusou do scotch
Disse que meu corpo
Era só dele aquela noite
Eu disse please
Xale no decote
Disparei com as faces
Rubras e febris

E voltou
No derradeiro show
Com dez poemas e um bouquê
Eu disse adeus
Já vou com os meus
Numa turnê

Como amar esposa
Disse ele que agora
Só me amava como esposa
Não como star
Me amassou as rosas
Me queimou as fotos
Me beijou no altar

Nunca mais romance
Nunca mais cinema
Nunca mais drink no dancing
Nunca mais cheese
Nunca uma espelunca
Uma rosa, nunca
Nunca mais feliz!

Mania de ouvir... (C.B)

02/12/2010

Magalie

"L'AMOUR"


"Um gato vivo é qualquer coisa linda
Nada existe com mais serenidade
Mesmo parado ele caminha ainda
As selvas sinuosas da saudade"

(Trecho de Soneto do Gato Morto - Vinícius de Moraes)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©