21/04/2011

Missy

Sou uma pessoa que tem alguns amores, entre eles estão os felinos! Não sei de 1 único dia da minha vida que não tive um ao meu lado. E, ao longo desses 26 anos, foram muitos que vieram e que também, infelizmente, se foram...
Hoje, 21/04/11 eu tive que dar adeus a mais um. Mas não foi um felino qualquer, foi o único ser vivo (pra não escrever pessoa, já que muitos não conseguem compreender a relação que tenho com eles) que, realmente, me completou e, por mais estranho que possa ser para vocês, o único que me entendia. Missy não era apenas uma gata, ela era eu! Um eu com pelo, bigode, rabo, que miava e andava com 4 patas.
Sei que temos que aprender a nos desligar de quem amamos para não sofrermos tanto no momento da partida, mas não sei se serei, um dia, capaz disso. Em meus momentos de tentativa de abafar minha emoção com a razão, sempre dizia que era a favor da eutanásia, e, pra ser sincera, acho que ainda sou, só não sei se sou capaz de fazer, mais uma vez, algo assim com um ente querido. Tive que entregar minha gata, minha filha, meu EU para o sacrifício, pois ela tinha um câncer em fase terminal já e estava sofrendo muito. Mas, apesar de saber que fiz o melhor pra ela, não consigo deixar de lembrar da carinha dela, com medo, olhando pra mim como se procurasse, em mim, uma resposta praquilo tudo e, ao mesmo tempo, pedisse que eu a socorresse. E eu lá, parada, chorando, olhando pra ela e só pedindo desculpas por estar fazendo aquilo.
E agora estou aqui, chorando copiosamente e pensando nas coisas que todos pensam quando perdem alguem que amam: que nunca mais vai ver, nem falar, nem beijar, nem apertar, nem dar amor e carinho...
Definitamente não é um dia bom!
Como disse Vinícius: "Nada parece mais com o fim do mundo que um gato morto!"

Te amo, Missy, meu Bucho!

20/04/2011

Chuva

Morar numa cidade que, segundo dizem, é abaixo do nível do mar é aterrorizante em dias de chuva como o de ontem. Tudo vira um caos: longas filas de carros presos em engarrafamentos intermináveis, ruas alagadas, deslizamento de barreiras, buracos encobertos por água gerando acidentes graves, atrasos para o trabalho... um verdadeiro inferno!
Para mim, ontem foi um dia péssimo, a começar que acordei com os pés dentro d'agua. Pela primeira vez, ao longo da minha curta vida de 26 anos, entrou água na minha casa. E o pior é que nem tínhamos como retirá-la porque não havia escoamento. Para onde jogar a água? Só lá para as 11:30 é que começamos a retirada. Foi um terror! E fico imaginando as pessoas que perdem tudo, inclusive vidas por causa das fortes chuvas que a cidade não está, nem nunca esteve, e tenho sérias dúvidas se um dia estará, pronta para suportar.
Amo Recife, e acho que já explicitei meu amor por ela e por Pernambuco antes aqui, mas não posso fechar os olhos para as coisas ruins que existem. É imoral e desumano uma cidade (uma região metropolitana, na verdade) ficar numa situação dessas toda vez que chove.

"É pau, é pedra, é o fim do caminho... são as águas de abril!"

08/04/2011

Traição por justa causa!

O marido chega em casa e pega a esposa, na cama, com um garotão, 25 anos, forte, bronzeado, cheio de amor pra dar, arma o maior barraco, mas a mulher o interrompe 'Antes, você deveria ouvir como tudo isso aconteceu':

Andava na rua, vi esse jovem maltrapilho, cansado e faminto. Então, com pena do estado dele, eu o trouxe para casa. Dei a ele aquela Refeição que eu havia preparado para você ontem e, como você chegou tarde e satisfeito com o tira-gosto do boteco, não comeu e eu guardei o jantar na geladeira, lembra-se?
Ele estava descalço, então dei a ele aquele seu par de Sapatos que, como foi minha mãe que te deu, você nunca usou.
Ele estava com sede e eu servi aquele vinho que estava guardado para aquele sábado que você prometeu mas que nunca chega, pois num dia é futebol, noutro poker, noutro pescaria, noutro peteca, noutro lavando o carro e assim por diante.
As calças estavam rasgadas, dei-lhe aquele seu jeans semi-novo, ainda estava em perfeito estado, mas não cabia mais em você.
Como ele estava sujo, aconselhei-o a tomar um banho, fazer a barba, então dei a ele aquela loção francesa novinha que você nunca usou, porque acha fedorenta.
Daí, quando ele já ia embora, perguntou: "Dona, tem mais alguma coisa que seu Marido não usa mais?"

Nem respondi... dei logo !!!

(Moral da história: Mulher só trai por justa causa)


"Das coisas que são umas besteiras, mas me fazem rir"!

07/04/2011

Rio

Mania que brasileiro tem de imitar tudo que é americano. Já não basta os fast-foods, agora vem um sociopata inventar de entrar numa escola e sair matando tudo que é gente, e pra não deixar de salientar uma sociedade macista, ele ainda teve preferências (segundo relato das vítimas) por mulheres.
Estão todos falando do absurdo que é matar crianças, mas para mim, é um absurdo matar qualquer pessoa, seja uma criança, um idoso, um adolescente... tanto faz! Sei que a psicologia trata logo de traçar um perfil para essas pessoas e sei que isso existe e acredito, mas acredito, também, em maldade e fico me perguntando: 'até que ponto isso é sociopatia e até que ponto começa a ser coisa de gente ruim'?
Não posso fazer muito estando aqui em Recife a não ser rezar e pedir a Deus que dê força para as pessoas que presenciaram tal atrocidade e para as famílias das vítimas. Que Deus, ou seja lá quem, pros que não acreditam, acalmem os corações dos pais, mães, avós, tios, tias, irmãos e outros parentes dessas pobres crianças que tiveram suas vidas retiradas tão prematuramente.

06/04/2011

Amarguras Amarelas

Pessoas, tô demorando um pouquinho pra aparecer por aqui e não é nada, é só preguiça mesmo.
Semana passada, especialmente no dia da mentira - 01/04, essa casinha minha, onde eu tento colocar um pouco de mim, fez dois anos de existência e eu nem pra fazer um bolinho de palavras aqui para comemorar...
Pois bem, venho hoje agradecer a todos os meus poucos leitores pelas visitas e pelos comentários sempre cheios de carinho e desejar que esse blog tenha muito mais anos pela frente. Que muitas amarguras, muitas rosas e muitas rimas, todas amarelas, sempre permeiem esse espaço e minha vida também.

PARABÉNS, minhas Amarguras Amarelas!


"Os amarelos riem amarguras..."
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©