29/06/2012

de mãe...

Hoje é o dia mais importante da minha vida, o dia em que eu agradeço a Deus, ao universo, a seja lá quem for, pela honra e felicidade de ter trazido ao mundo a pessoa que me deu a luz. Mainha faz hoje 57 anos e, nesse 2012, ela recebeu de presente a notícia que vai precisar passar por mais uma provação.
Cinco anos depois de ter tido um câncer, ela ficou sabendo que ele voltou e, a primeira coisa que ela disse foi 'Não fica assim não, Beta. Eu vou ficar bem! Vou fazer todo o tratamento de novo e vou passar mais 5 anos vivendo bem! Vou tirar de letra, não se preocupe não!'. Ela é a pessoa mais forte, mais justa e mais guerreira que eu conheço. Se um dia eu for 1/3 da mulher que ela é, já vou ter sido muito nessa vida.
Nesse 29 de junho de 2012 eu só posso desejar muita saúde a ela e agradecer a Deus por ter me dado a minha melhor mãe do mundo.


Um amor sem tamanho e uma admiração para uma vida mais que inteira!


Amor meu e só.

27/06/2012

da pretensão do amor...

Não seria pretensão sua achar que:


  • meu amor é seu;
  • você é o grande amor da minha vida;
  • meus escritos amorosos são para você;
  • ao falar de amor seu nome sempre me vem à cabeça;
  • as minhas pseudo-cartas-de-amor falam do nosso sentimento.

Seria, sim, pretensão sua achar que eu sempre estarei aqui, independente do que você fizer.


Em terra que se planta amor, se colhe amor... e basta.

25/06/2012

de amor e de gato...

De todos os seres vivos que existem nesse mundo, eles são os que mais recebem minha admiração, respeito, carinho e amor.



E isso define...


18/06/2012

15/06/2012

da banalização do amor...

De uns tempos para cá venho percebendo uma banalização de sentimento tão grande, especialmente nas redes sociais, é um tal de 'eu te amo' pra cá, 'eu te amo pra lá'. Tipo, tudo bem você amar o mundo, e nele incluem-se todas as pessoas, animais, plantas, etc..., mas não consigo acreditar que se você fica hoje com um cara, amanhã começa a namorar e no outro dia já 'ama' isso seja amor de verdade.
Não quero bancar a cética não, até acredito em amor à primeira vista, já até aconteceu comigo (assunto para um próximo post, quem sabe...), mas ultimamente a coisa está tão comum que não consigo acreditar que seja um sentimento verdadeiro. Parece mais uma necessidade de expor para a sociedade, especialmente aquela presente nas redes sociais, o quanto você é feliz e amado e zaz e zaz e zaz. São tantas declarações, tantas fotos formando coração e inúmeros 'eu te amo' para mostrar ao mundo que você tem algo que nem você mesmo sabe o que é.
Sempre acreditei que o amor é um sentimento de devoção, sabe? É algo que te faz querer a felicidade do outro, que te permite estar ali pra quando o outro precisar, independente da hora, local e da situação e, inevitavelmente, me pergunto se essas pessoas que 'amam e são amadas' no facebook fazem e, principalmente, sentem isso. Amor é algo tão bonito e especial para se tornar superficial.
Sempre acreditei no ser humano, mas numa época onde o status do relacionamento vale mais que o sentimento verdadeiro, fica difícil se manter crédula!

Deixo vocês com um trechinho do 'Samba do grande Amor' de Chico:

'Tinha cá pra mim
Que agora sim
Eu vivia enfim
Um grande amor
Mentira...'



de baudelaire...

(...)

Se o veneno, a paixão, o estupro, a punhalada
Não bordaram ainda com desenhos finos
A trama vã de nossos míseros destinos,
É que nossa alma arriscou pouco ou quase nada.

(...)



(Ao leitor - Charles Baudelaire)

13/06/2012

de trabalho e de amor...

Esse grupo garante a risada de todas as tardes. Não tem quem barre! As melhores melhores do mundo em serem FOFAS e NAJAS!


12/06/2012

do grande amor da vida...

Em dias como 12 de junho você para e pensa no amor, não é? A ideia romântica de encontrar o grande amor da sua vida, aquela pessoa que, nos primórdios da civilização ocidental, habitava o mesmo corpo que o seu e foi separado por Zeus através de raios e que, desde então, você anda pelo mundo a sua procura.
Mas, e se a mitologia grega estava errada e 'o grande amor da sua vida' não for, necessariamente, uma pessoa? E se for um animal, uma causa, uma carreira? Como o ativista social, político e ambiental que acredita piamente na sua causa e move céus e terras para defendê-la, ou o escritor que casa-se com a literatura e com ela tem vários filhos em formato de livros. Nesse caso de escritor sempre lembro do Marquês de Sade que não concebia a ideia de viver sem escrever e morreu de crise de abstinência de literatura.
Em um mundo onde o status do facebook significa mais que um sentimento verdadeiro e onde um 'eu te amo'  sai simples e fácil como um boa noite, será que uma carreira e/ou uma causa trariam felicidade? Essa busca eterna pela metade da laranja, pela tampa da panela, faz as pessoas se apegarem a parceir@s que, em situações de ausência de carência, jamais se envolveriam.
Diante dessa 'orkutização' do relacionamento e do sentimento, encontrar um amor de verdade, seja por uma pessoa, por uma carreira ou por uma causa, te faz acreditar numa gama de deuses gregos e agradecer a Afrodite, a deusa do amor, por essa bênção.

Para vocês que curtem uma data comercial, Feliz Dia dos Namorados! Já para os que amam, independente do dia do ano, muito amor sempre, seus lindos!!!


Cheiro e mato e muito carinho meu!

05/06/2012

do amor pequeno...


sms do amor 1: 'Meu coração, esse eterno dependente da droga que é o teu amor'!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©