30/04/2009

Homenagem aos Trabalhadores




Filosofia (Ascenso Ferreira)




Hora de comer — comer!


Hora de dormir — dormir!


Hora de vadiar — vadiar!


Hora de trabalhar?— Pernas pro ar que ninguém é de ferro!


Ilustração à altura!
Bom feriado a todas e todos =)





29/04/2009

Tão grande...


Nossa, fazia tanto tempo que eu não sentia saudade! Mas saudade, saudade mesmo, sabe? Daquelas que a gente fica tentando pensar em outras coisas para que ela não aumente e a gente não fique mal.

E o pior é que tô achando bom... é claro que tem coisas que me deixam, as vezes, mal, mas é bom passar por isso novamente, depois de tanto tempo. Esses sentiemntos adormecidos me fazem lembrar o começo, e o começo... ah o começo! Como era bom!!!

E é bom ter tempo para mim também! Sair, caminhar, conversar, ler, estudar, conhecer... tô bem e tô feliz! Mas a saudade... ah bicha danada da gota serena!!!


Amu, e hoje, isso tá bastando!
*O Pote de Ouro me espera e eu só tô na metade do arco-íris*

28/04/2009

Confiance/Espérance


CONFIANÇA: 1-Ação de confiar. 2-Segurança íntima com que se procede. 3-Crédito, fé. 4-Boa fama. 5-Segurança e bom conceito. 6-Esperança firme. 7-Familiaridade.

Dentre os 7 conceitos, o de crédito, fé é o que mais me chama atenção nesse momento. Talvez porque eu estou numa situação de dar, novamente, crédito e fé a uma pessoa. O pior disso é o medo que dá de um futuro arrependimento, caso essa confiança não seja feita por merecer. Mas em meio a todo esse universo de desconfiança/confiança, acaba surgindo outra palavra que vem para dar apoio.

ESPERANÇA: 1-Ato de esperar. 2-Expectativa na aquisição de um bem que se deseja. 3-Aquilo que se espera, desejando. 4-A segunda das três virtudes teologais, simbolizada por uma âncora ou pela cor verde.

Estou esperando desejando.
Que seja uma semana verde... e muito confiável!


Eu amo e isso, às vezes, basta!

23/04/2009

Encantos mil...







Eu não deveria escrever nada diante dessas imagens, mas ainda sim me sinto inclinada a escrever meu amor por esta cidade: AMO, AMO e AMO.
PS: Reginaldo Rossi é que tinha razão: Recife tem encanto mil...!

20/04/2009

Bons sonhos


Nada como um sonho bom para adormecer os acontecimentos ruins do fim-de-semana, até esquecemos a cruel realidade.

17/04/2009

On diet!

Hoje, enquanto vinha para o trabalho, me lembrei de uma amiga que disse não querer comer brigadeiro porque tinha começado a malhar. Lembrei de mim também quando fiz dieta e não comia várias coisas que tinha vontade para não engordar. É engraçado ver no que isso tudo se tornou, aliás não é nada engraçado, é trágico.

As pessoas, principalmente as mulheres, estão escravas dessa indústria do "emagrecimento". São tratamentos, dietas e mais dietas (da lua, do abacaxi, da pimenta, etc...), malhação pesada, comprimidos para emagrecer. E a saúde, alguém lembra dela? Na grande mairoia das vezes não.

As mulheres só se preocupam com as celulites, estrias, barriguinha, aí decidem parar de tomar refrigerante comum e passam a tomar os diets, lights, zeros e esquecem dos tão maravilhosos sucos. O mesmo acontece com as comidas, só lights e diets e nada de verduras, legumes, fibras, frutas e tantos outros alimentos que fazem bem à saúde, que acaba sendo completamente posta de lado, só importando emagrecer, independente do meio a ser usado.

Há um bom tempo eu não sou mais escrava disso, o que resultou em kilos a mais. Não vou dizer que minha saúde está 100%, mas também não está 0%, digamos que anda na faixa de uns 50%, mas não porque engordei e sim porque parei de comer exatamente o que faz bem a minha saúde (frutas, legumes, verduras, fibras, etc) e parei de fazer exercícios físicos, como minha caminhada diária. Não acredito mais em dieta, se é que acreditei um dia, acredito em reeducação alimentar, onde a gente pensa primeiro na saúde e o resto (emagrecer) é conseqüência.

As pessoas precisam se conscientizar que escravidão nunca fez bem, e não seria essa que faria, o que elas devem fazer é correr atrás das suas cartas de alforria ou lutar pela Lei Áurea.

=)

14/04/2009

Histórias de Amor - parte 1

*João e Maria


João da Cruz, 23 anos, moreno, alto, magro, olhos caramelados, cabelos negros, rapaz boêmio da capital que trabalha como agente administrativo de um órgão público. Maria de Jesus, 19 anos, pele clara, estatura média, cabelos longos e encaracolados, moça simples do interior que vem à cidade grande para estudar pro vestibular de enfermagem, o grande sonho de sua vida.
Maria saiu de sua cidadezinha do interior para ficar na casa de uma tia que mora na capital. Em troca de casa, comida e estudo, ela cuida dos dois primos pequenos, Flávia, 4 anos e Pedro, 7 anos. As crianças estudam pela manhã, mesmo horário de Maria que quando volta do cursinho divide o tempo entre tomar conta das crianças e estudar as matérias do vestibular.
Um certo dia, depois de esperar horas na parada, Maria consegue pegar o ônibus que vem superlotado. Quando finalmente passa pela catraca e se aloja desajeitadamente, um rapaz toca em seu braço e pede para segurar seus livros e cadernos, este rapaz é João.
Neste momento os olhares dos dois se cruzam e um sorriso tímido é dado por Maria, enquanto João permanece admirado diante da beleza, timidez e simplicidade daquela moça.


...

08/04/2009

Literatos!




Por mais que eu tenha imaginado, acho que nunca "realizei" realmente o fato de me dedicar SÓ aos estudos literários. Depois de 4 anos dentro de uma faculdade onde tudo e todos me direcionavam à docência, estar agora livre para me dedicar, exclusivamente, à literatura é realmente uma realização.


Outro fato que nunca tinha me dado conta é de que iria conviver com pessoas que nutrem, pelas literaturas da vida, a mesma paixão que eu. E, apesar dos vários "psius", decorrentes do imenso e produtivo barulho, a turma é excelente, o que me deixa mais entusiasmada ainda com essa pós-graduação, uma vez que na graduação minha turma não era das melhores. Espero que a interação da sala continue assim durante os 12 meses que ainda temos pela frente.




À toda a turma, e em especial a 7 pessoinhas que já se tornaram meus mais "Novos melhores amigos de infância", um muito obrigada!!!




Beijus...!

03/04/2009

Que vista!


Sabe aqueles dias em que você acorda decidida a pensar só nas coisas boas que acontecem na sua vida? Pois bem... hoje é um desses dias para mim!

Neste exato momento estou no trabalho e foi quando percebi que sou uma pessoa privilegiada por que, afinal de contas, não são todos que trabalham diante de vistas dignas de cartões postais.

De um lado eu tenho o finalzinho de Recife e o começo de Olinda onde vejo a praia de Del-Chifre e o Alto da Sé. Do outro, tenho todo o bairro do Recife, com sua bela arquitetura e lindas pontes, as nossas "torres gêmeas", Boa Viagem e todo o seu verde-azulado mar.

Diante disso, não tem dia de trabalho que seja stressante, e caso fique, basta virar a cabeça para um dos lados e apreciar a vista...


*Orgulho de ser Pernambucana, orgulho de ser Recifense*!


Ah, e podem me chamar de bairrista!


=)

02/04/2009

Nascido em 1º de Abril

Pois é... Nascido em 1º de Abril, mas não é mentira!
Eis que surge mais um blog, e espero eu que não seja só "mais um". Resolvi criá-lo para compartilhar meus pensamentos, angústias, sentimentos, ideias e até minhas besteiras, que dependendo da época do mês, principalmente àquela que antecede a menstruação, podem ser de grande quantidade e intensidade.
Antes essas escrivinhaduras eram destinados a um pequeno, mas querido, diário que, na grande maioria das vezes, vivia esquecido num fundo de uma gaveta qualquer. Espero eu que não aconteça o mesmo com esse blog, o que vai depender, de certa forma, da aceitação por parte daqueles que gostam desse tipo de leitura, e eu espero que gostem!
Finalizo aqui a 1º postagem desse meu mais novo e já tão querido filho com uma frase que me serve de incentivo diário:
"No final do arco-íris sempre tem o pote-de-ouro!"
=)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©