26/10/2009

Siamesa!

Certa vez, conversando com uma amiga, ouvi a seguinte frase: "todo mundo tem um siamês perdido no mundo!", e na mesma hora pensei e disse para ela: "a minha parte siamesa deve ter sido destribuída nos felinos, não só os dessa raça, mas em todos os outros também!".
Nunca tinha encontrado alguém parecido comigo, nem homem, nem muito menos mulher. E até brincava com essa amiga, dizendo que eu era única. Nunca, até hoje!!! Ai como é estranho ver uma imagem viva sua que não seja no espelho.
Eu estava no ônibus e a menina na parada, esperando um ônibus que, infelizmente, não era o mesmo que eu estava. De primeiro achei-a muito parecida com alguém que não conseguia lembrar (a minha demência às vezes ultrapassa os limites aceitáveis), depois, até que enfim, me dei conta de que o "alguém" era eu. Vocês não têm noção! O cabelo, as roupas, a bolsa, os óculos, o corpo e até o piercing! Eu fiquei chapada olhando para ela sem conseguir desgrudar daquela criatura que eu nunca tinha visto na vida e que, ao mesmo tempo, já estava cansada de ver. E o melhor foi a cara do "cara" que estava na parada, parecia uma lagartixa com a cabeça que virava entre a janela do ônibus (onde eu estava) e a ponto de ônibus (onde estava ela), como que se perguntava se eram realmente duas ou se estava delirando.
Minha vontade foi de descer e falar com ela para ver se ela me "via" e percebia como éramos parecidas, mas depois me dei conta de que ela podia pensar que eu era doida ou qualquer outra coisa do tipo e acabei indo embora para casa sem ter trocado nem um olhar, ao menos, com a minha siamesa. Mas tenho a esperança (e olhe que estou ficando boa nisso) que um dia eu a encontre novamente.
=(
PS: ela também era amarelinha, amarelinha!
Beijos de gente!


Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. la double vie de veronique. kieslowski.
    ele sabia bem das coisas.
    beijos, amarelinha.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©