20/04/2011

Chuva

Morar numa cidade que, segundo dizem, é abaixo do nível do mar é aterrorizante em dias de chuva como o de ontem. Tudo vira um caos: longas filas de carros presos em engarrafamentos intermináveis, ruas alagadas, deslizamento de barreiras, buracos encobertos por água gerando acidentes graves, atrasos para o trabalho... um verdadeiro inferno!
Para mim, ontem foi um dia péssimo, a começar que acordei com os pés dentro d'agua. Pela primeira vez, ao longo da minha curta vida de 26 anos, entrou água na minha casa. E o pior é que nem tínhamos como retirá-la porque não havia escoamento. Para onde jogar a água? Só lá para as 11:30 é que começamos a retirada. Foi um terror! E fico imaginando as pessoas que perdem tudo, inclusive vidas por causa das fortes chuvas que a cidade não está, nem nunca esteve, e tenho sérias dúvidas se um dia estará, pronta para suportar.
Amo Recife, e acho que já explicitei meu amor por ela e por Pernambuco antes aqui, mas não posso fechar os olhos para as coisas ruins que existem. É imoral e desumano uma cidade (uma região metropolitana, na verdade) ficar numa situação dessas toda vez que chove.

"É pau, é pedra, é o fim do caminho... são as águas de abril!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©