10/08/2010

em branco e preto!


Sou uma grande amante de poesia, principalmente das musicadas, e mais especialmente ainda das de Chico Buarque. Sempre acho que ele escreveu algo que representa bem o momento que estou vivendo, como, por exemplo, o trecho de Budapeste no post anterior. E agora não é diferente, tem mais uma "letra buarquiana" que descreve bem minha vida neste momento e que eu gostaria muito de ter escrito, principalmente porque foi musicada pelo maestro soberano:


"... E o que é que eu posso contra o encanto,
Desse amor que eu nego tanto
Evito tanto e que, no entanto,
Volta sempre a enfeitiçar
Com seus mesmos tristes, velhos fatos,
Que num álbum de retratos
Eu teimo em colecionar

...Eu trago o peito tão marcado
De lembranças do passado e você sabe a razão
Vou colecionar mais um soneto,
Outro retrato em branco e preto
A maltratar meu coração".

(Retrato em Branco e Preto - Chico Buarque e Tom Jobim)


"Um dia ainda te escrevo um soneto ou te tiro um retrato em branco e preto!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©