02/06/2009

Tragédia




Acontecimento triste, funesto, catastrófico - este é um dos significados da palavra tragédia e, com certeza, é o que mais cabe ao que aconteceu com o Voo 447 da Air-France, que ía do Rio de Janeiro a Paris e desapareceu na madrugada do domingo para a segunda.

Algumas pessoas dizem que não ter a certeza da morte é o pior, outros já acham que o momento em que se tem a confirmação ainda é mais doloroso, mas independente da confirmação ou não, estamos lidando com perda de vidas de uma forma trágica, e independente disso, a dor é grande. E essa dor é intensificada quando sentida por mães, pais, filhos, tios, tias, amigos, maridos, mulheres e namorados das pessoas que estavam naquele avião.

Apesar de não ser nenhum desses títulos listados acima, sinto, sofro e rezo por estas pessoas que tiveram suas vidas perdidas de uma forma muito dolorosa e trágica, mas rezo muito mais pelos amigos e familiares que neste momento choram, se angustiam e sofrem ao pensar que não mais poderão abraçar, beijar ou conversar com seus entes queridos, e nem se quer vão poder enterrá-los, já que a possibilidade de achar os corpos é remota.

Uma das últimas notícias que li sobre o fato é que a FAB encontrou, próximo à ilha de Fernando de Noronha, destroços de um avião, como uma poltrona, uma bóia, além de manchas de querosene no mar. Não foi confirmado ainda ser do voo da Air France, mas a probabilidade de ser é muito grande. Diante dessa iminência de confirmação, a única coisa que posso fazer é mandar energias positivas para os parentes e amigos e desejar muita força para suportar os momentos de tristeza que são sempre maiores quando se trata de uma catástrofe desse porte.



Que Deus abençoe ajude todas e todos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©