06/03/2013

brigitte = saudade

"Nada parece mais com o fim do mundo que um gato morto", esse, para mim, é um dos versos mais verdadeiros de Vinícius. Ver um animal tão lindo como um gato sem vida é a certeza de que um fim está próximo e foi assim que me senti segunda quando perdi minha gata mais nova, minha menina caçula. Brigitte Bardot faleceu segunda decorrente de uma infecção gerada por um aborto. Quando cheguei no trabalho meu namorado me ligou e disse que ela estava muito mole e que achava que ela estava perto de parir, como ele era o único em casa, pedi que ficasse com ela, dando apoio e carinho até minha mãe chegar. De tarde quando liguei para casa para saber dela, mainha informou que ela não resistiu. Ela tentou socorrê-la, mas Brigitte faleceu a caminho do veterinário.
Não sei nos outros cantos do Brasil, mas aqui em Recife choveu muito segunda-feira e todo dia de chuva assim me lembro da minha vozinha. Ela não suportava esse tipo de dia porque minha bisa faleceu num dia chuvoso e acho que aprendi isso com ela. No momento que soube da morte da minha princesa não consegui esboçar nenhuma reação, fiquei calada no telefone sem conseguir pronunciar um ai, mainha só dizia 'fica assim não, Bel' e eu só conseguia pensar que o dia chuvoso deixou mais uma triste lembrança na nossa família. Minha vó perdeu a mãe numa manhã de chuva e eu perdi minha caçula numa manhã igual.
Já perdi outros gatos e segunda, por um momento, jurei para mim mesma que não quero mais nenhum porque não sei se suporto mais perdas, principalmente nesse momento da minha vida, mas confesso a vocês, meus caros poucos leitores, que não sei se consigo, minha vida e a dos felinos é interligada num elo que não sei explicar, só sei que existe e além de muito forte é perene. Tenho ainda mais dois filhos: Magalie e Chico, que ainda não apresentei a vocês, mas que logo logo estará derramando beleza na tela desse humilde blog, e espero que esses não saiam de perto de mim por, no mínimo, uns 15 anos.
Não acredito muito nisso de céu e inferno, mas quero acreditar que nesse mundo em que vivemos haja um lugar especial para as almas dos bichinhos e que minha Brigitte esteja nele recebendo muito amor e carinho que é tudo que ela sempre mereceu.

Vou morrer de saudade.
Te amo, Biriba!

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Te entendo muito bem. Minha gata morreu há 4 anos. Todos tentam me dar outra. Não quero. Sei da minha dor. Não suporto isso. Sou fraco. Acho que Deus me fez um cara grande, mas esqueceu de colocar mais resistência pra certas coisas. Te abraço de longe. Bjs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©